|1x01| Stalker

sexta-feira, 3 de outubro de 2014



Episódio: Pilot #1x01
Canal: CBS



A tenente Beth Davis e o detetive Jack Larsen do Departamento de Gerenciamento de Ameaças da Polícia de Los Angeles procuram um perseguidor que tem uma afinidade por fogo. Além disso, Beth reúne-se com uma estudante universitária que afirma que seu ex-companheiro de quarto a está assediando.





Maggie Q. é diva e rainha, e eu já estava com saudades de vê-la em alguma série, por isso fiquei muito feliz quando Stalker foi anunciada. E minha felicidade cresceu ainda mais quando ao ler sobre o show, percebi que seria um drama investigativo, quem me conhece sabe como este é um gênero que me prende. E durante o primeiro episódio eu fiquei completamente envolvido na atmosfera criada por Kevin Williamson, e consegui me conectar e ter afinidades com s dupla de protagonista.

No episódio desta semana, o foco é no perseguidor que tem afinidades por fogo. Ele mata primeiro Kate, e posso dizer que como primeira cena do episódio, ela deixa claro que o medo e suspense estarão sempre presentes (jura? Nem deu pra perceber isso antes). Depois ele começa a perseguir uma amiga da primeira vitima, e as cenas onde isso acontece, principalmente a que o perseguidor sai de um buraco do assoalho, me deixou um tantinho apavorado.


Outro ponto forte da estreia, é o fato de já pegarmos o bonde andando, nada daquelas apresentações iniciais chatas e arrastadas sobre o passado dos personagens e o que os levaram a estarem ali. Temos um pouco disso no final, onde alguns poucos pontos foram esclarecidos e deixou um gostinho de quero mais. Beth (Maggie) é uma personagem forte, inteligente e durona. Mesmo que ela tenha passado por algumas coisas ruins (isso fica claro no episódio), ela não deixa de enfrentar o medo, e essas características me deixaram contente, a atriz fez muito bem o seu papel. Jack (Dylan), ao contrário da nova parceira, é mais descontraído, e tem um carisma irresistível, no entanto, quando a coisa fica séria, ele veste a máscara do detetive competente e inteligente que é.

A história tem tudo pra ser bem explorada e aumentar a cada episódio os índices de audiência, e eu sinceramente espero que consigam. É difícil julgar uma série logo pelo seu primeiro episódio, mas o fato de os protagonistas se encaixarem, o drama e as cenas de perseguição serem tão bem feitas a ponto de me fazer olhar debaixo da cama antes de dormir, me fazem crer que se guiado da forma certa, Stalker pode ter uma vida longa. Por enquanto, é o mistério que cerca os personagens principais que está me deixando curioso, mas da forma como o episódio terminou, acho que vem muitos problemas e suspense por aí.
 







Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.