|2x01| Agents of S.H.I.E.L.D.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Episódio: Shadows #2x01
Canal: ABC

Coulson e sua equipe agora são fugitivos com recursos limitados - mas isso não os impedem de manter o mundo a salvo de ameaças poderosas e invisíveis em todos os lugares do mundo. No entanto, com os novos membros que eles mal conhecem, será possível voltar a confiar na S.H.I.E.L.D.?



Já estava imaginando que dia 23 de Setembro nunca mais iria chegar. Desde a Season Finale da primeira temporada em maio, meu coração foi despedaçado em mil formas diferentes toda vez que eu relembrava os últimos acontecimentos. A SHIELD caiu, HIDRA voltou com força total, havia um lobo no rebanho de Coulson, e sua traição foi uma das mais dolorosas de todos os tempos. Ward conseguiu enganar a todos desde sempre, e descobrir seu verdadeiro eu, veio a calhar em se tratando da história e para onde os roteiristas estão pensando em ir nesta temporada.

Mil perguntas pairavam em minha cabeça; como Skye realmente lidará com isso? Será que Fitz (que foi jogado no mar por Ward, junto com a Simmons) iria se recuperar? E se sim, seria o mesmo? Como Coulson lidaria com o fato de ser o manda chuva do que restou da SHIELD? E, meu Deus, o que realmente a SHIELD será nessa temporada?

Tudo isso foi respondido no episódio dessa semana. Logo no início tivemos um flashback de 1945, onde a Agente Carter prende todos que estão no último Covil da HIDRA que se tinha conhecimento, e empacota vários artefatos para levar para a SHIELD. Logo em seguida, somos trazidos para o presente, onde May, Skye e Trip estão em uma missão para interceptar algumas informações sobre um objeto de poder desconhecido. Nossa garota cresceu, foi muito bom ver Skye enfim como uma Agente, vestida de preto, usando armas, e ainda mais segura de si. Parece que sua nova OS é May, o que eu apoio. É inegável que ouve um grande amadurecimento de sua parte após a decepção com Ward, e estou curioso para saber até onde isso vai. Nesse episódio podemos ver também a primeira vez que os dois se encontram, ele prisioneiro de quem ela deve tirar informações. Sem nenhuma surpresa, vemos um Ward colaborativo e que, acima de tudo, quer ser ouvido por ela, no entanto, a moça não está disposta a ouvir mais que o necessário.


Coulson agora é o Diretor do que restou da SHIELD, por isso, não tem mais tempo para estar ao lado de seu antigo time. No entanto, nesse episodio podemos perceber o quanto Skye, May e Trip estão entrosados. E para aqueles que, assim como eu, amam o Fitz, tenho duas coisas a dizer: 1 - Ele aparece neste episódio. 2 – Vocês terão a almas estraçalhada quando se derem conta do que realmente está acontecendo com ele.
Ficou claro que as coisas não serão fáceis para nosso mocinho preferido, sua essencial se foi, o que é aceitável após uma experiência de quase morte, mas é doloroso demais constatar que provavelmente, o Fitz que conheci na primeira temporada, se foi para sempre.

Há também nova adição ao time da SHIELD, Hartley, uma antiga agente; e Hunter, um mercenário que trabalha com Hartly; embora uma dessas pessoas não durem muito tempo, afinal, as situações estão ainda mais mortais. No entanto, posso dizer que o carisma que ambos colocaram em seus personagens me ajudaram a criar empatia, e não deixaram suas participações como algo superficial em sem propósito. No enredo, eles estão ajudando a encontrar a arma poderosa citada acima, mas que ninguém sabe direito o que é. As sequencias de ação no qual estão envolvidos, são como o esperado, muito bem feitas.

E se temos novos agentes, também temos novos vilões, sobre um deles, não sabemos muito, afinal, o suspense vem sendo a alma do negócio no show. Em contra partida, conhecemos alguém poderoso e que já prevejo, trará muita dor de cabeça para a SHIELD. Crusher é capaz de absorver qualquer substância e transformá-las em moléculas de seu corpo. Em outros tempos, foi salvo da morte por Garrett, e como um ótimo brinquedinho da HIDRA, não está para brincadeira, sendo o responsável por uma das perdas que temos nesse primeiro episódio.

Ação, drama, reviravoltas e aquele doce gostinho de comédia está presente neste episódio. É bom poder ver que no geral, a série continua com a sua essência mesmo depois de tudo que aconteceu. O episódio inicialmente me fez ficar apreensivo por algumas coisas estarem fora do lugar, no entanto, tudo foi se encaixando de forma cuidadosa, e agora só consigo pensar no quanto eu quero o próximo episódio, que provavelmente, vai me tirar algumas lágrimas.










Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.