Eu Li – Sanga Menor

domingo, 20 de abril de 2014
A cidade que dá nome à obra é cenário para as agruras de Lirio, um homem encarcerado na pequenez de suas próprias covardias, vitíma de uma mãe excessiva,que o sufoca de mimos e cuidados, e de um pai escasso,reduzido que está,por um derrame cerebral,a uma ausente presença. Sabendo-se alvo de zombarias e desprezo, Lirio luta por desemaranhar-se de suas fraquezas; o esforço revela-se vão, à medida que os acontecimentos evidenciam outras amarras,semelhantes àquelas que controlam os bonecos da excêntrica Caetana os Fantoches.

 Autora: Cíntia Lacroix
 Título Original: Sanga Menor
 Série: -
 Editora: Dublinense
 Capa: Samir Machado de Machado
 Tradutor(a): -
 Editor: Equipe Dublinense
 ISBN: 978-85-62757-02-0
 Páginas: 256
 Skoob

As cartas de Tia Caetana eram poucas. Limitavam-se a escassas linhas e, no mais das vezes, não passavam de uma tentativa apaixonada de descrever o mar, o grandioso mar que banhava a Capital. Mas do que interessava a Lírio o mar? De que servia saber que as ondas pareciam uma cordilheira de montanhas indecisas, que se erguiam e desmoronavam em repetições, ou que a linha do horizonte, tão reta e silenciosa, tinha a força magnética de uma beirada de precipício?
Capítulo 6; Página 89.






;)





1 Comentário

  1. Koldito!

    Que alegria ver você postando vídeos! \o/ Eu comentei com mais detalhes lá no Youtube! Apareça mais vezes com vídeos pra gente, sim. :D

    Beijão! Boas leituras.
    :)

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.