Eu Li – Laços de Sangue

terça-feira, 12 de novembro de 2013
O trabalho de Sydney Sage não é nada fácil: ela e seus colegas alquimistas são os únicos no mundo todo que sabem que vampiros existem para além das telas de cinema - e são uma ameaça real à humanidade. Para manter a ordem, eles devem impedir, a qualquer custo, que esse segredo vaze e que os reles mortais se aproximem desses seres perigosíssimos.
Mas agora a paz que os alquimistas vêm garantindo há tempos está prestes a desabar, e Sydney, para o bem de todos os humanos, terá de passar a proteger vinte e quatro horas por dia a princesa vampira Jill Dragomir, ou uma guerra pelo trono eclodirá no mundo dos vampiros, trazendo consequências avassaladoras para os homens. E defender alguém que até então era alvo de seu desprezo será mais difícil do que Sydney imaginava...

Autora: Richelle Mead
Título Original: Bloodlines
Série: Bloodlines
Editora: Seguinte
Capa: Paulo Cabral
Tradutor(a): Ana Ban
Editor: Rosane Albert
ISBN: 978-85-65765-15-2
Páginas: 430
Skoob

- Não – Keith logo respondeu e voltou seu olhar azul de aço mais uma vez para mim. – Ela não vai me acompanhar de jeito nenhum. Não posso deixar que uma adoradora de vampiros degenerada estrague a missão para todos nós. Vamos ficar com a irmã dela.

Capítulo 1; Página 22


Poder receber este livro me deixou bem feliz, primeiro, porque eu já estava querendo ler algo da autora tem um tempinho, depois, porque li bons comentários sobre ele, e posso dizer de antemão, que foi uma leitura bem satisfatória.

A história é focada em Sydney Sage, filha de um alquimista e que tem um relacionamento duvidoso com os vampiros, de acordo com seu pai e todos os outros alquimistas. Quem já leu Academia de Vampiro (não é o meu caso), já conhece a personagem e sabe quão boa alquimista ela é, e por isso Sydney é escolhida – mesmo com Keith contra ela – para uma missão, ajudar a manter Jill, uma Moroi, segura em uma escola bem longe da realeza.

Porém, além de Jill, alguns outros vampiros e dampiros fazem parte de sua proteção, e Sydney terá de manter tudo sobre controle, e também terá de tomar cuidado com sua protegida, uma vez que quer provar para os alquimistas que sua fidelidade está do lado deles, mesmo que Keith pareça querer tirá-la dali o mais rápido possível.

Se tem algo difícil, é fazer um resumo sobre este livro. Meu medo é de sem querer, acabar passando algum spoiler. Esta é sem dúvida uma obra que começou me deixando receoso por conta dos longos capítulos, mas que a história fez com que eu quisesse continuar. Isso graças às pitadas de mistério que a autora vai colocando aos poucos e à sua narrativa cheia de pontos altos.

Depois da narrativa deliciosa, o que me encantou foram os personagens. Sydney é uma protagonista em extinção hoje em dia, forte, decidida e cheia de atitude. E além dela, somos apresentados a tantos outros que é impossível não se apegar muito a quase todos. Sydney que me perdoe, mas meu queridinho é Adrian, irônico, sarcástico, engraçado e o responsável pelas melhores partes deste livro. Creio que por isso a autora fez dele o braço direito – por assim dizer – da nossa protagonista.

Acima de tudo, o que Michelle faz com maestria é entreter e instigar o leitor, fazendo com que a cada capítulo, a vontade de saber o que vem pela frente, só aumenta, e assim, mesmo com os capítulos grandes (o que era pra ser um ponto negativo), o livro passa bem rápido.

A capa não me atrai, acho ela bem superficial. A diagramação está bem legal, com detalhes a cada início de capítulo, as letras estão em um tamanho bom para a leitura e não encontrei nenhum erro de revisão.

Laços de Sangue é um livro que excedeu as minhas expectativas, é envolvente, jovem, possui um clima agradável de mistério e que com certeza faz o leitor querer ler sua continuação.






3 comentários

  1. Quero ler esse livro!

    Adorei o blog!
    Estou seguindo.

    www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
    *Ficarei feliz com uma visita sua!

    ResponderExcluir
  2. Kold! <3

    Fico feliz que tenha curtido a história. Depois dessa ação que a Editora fez, vi comentários de alguns blogueiros sobre o livro e pude perceber que ele tem agrado bastante. Fiquei curiosa. Mas vou tentar ler V.A. antes porque já tenho os três primeiros livros aqui há uma eternidade! Que bom que a Sidney agradou, como você bem comentou comigo esses dias, não tá fácil encontrar boas protagonistas em livros YA. Hummm... Adrian... Já rolou paixonite então, uahuhua. :} Até que eu acho a capa bem bonita. A lombada desse livro é linda demais. <3 Espero que curta a continuação também!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Oi! Adorei o blog. Seguindo, claro!
    Beijos,
    Isabelle
    http://www.verbosdiversos.com/
    https://www.facebook.com/verbosdiversos

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.