Eu Li – Os Mistérios de Warthia: A profecia de Mídria

terça-feira, 22 de outubro de 2013
SERAFINE DELAY ERA UMA GAROTA COMUM... À sua maneira. Sua vida na sossegada Vila do Sol muda bruscamente numa noite, quando sua décima oitava primavera era festejada. Um ataque acaba forçando-a a fugir desesperadamente de monstros sanguinários e imbatíveis. Por algum motivo para lá de insano, tais criaturas queriam sequestrá-la! E enquanto mergulha de cabeça no universo mágico de Warthia e começa a entender a ligação de suas marcas com a história daquele mundo, Serafine descobre-se numa surpreendente situação: seu destino está traçado. Uma antiga profecia clama por seu espírito, e uma difícil jornada deve começar. Na companhia de um belo e rude espadachim, uma simpática garota de orelhas pontudas e um felpudo guerreiro belicoso, Serafine deve ingressar numa viagem de perigos desconhecidos, que se inicia no Norte daquele vasto continente, treinando para derrotar àquela que vem das Trevas para tudo devastar. Os Mistérios de Warthia devem ser desvendados, e Serafine é a única capaz de fazê-lo.

Autora: Denise Flaibam
Título Original: A Profecia de Mídria
Série: Os Mistérios de Warthia
Capa: Monalisa Morato
Tradutor(a): -
Editor: Letícia Teófilo
ISBN: 978-85-7679-874-3
Páginas: 392
Skoob

- E quem disse que as intenções dele eram ruins? Não há apenas luz e trevas nesse mundo! – Serafine re trucou, tentando formular algum argumento para não culpar Guillian. A história contada tinha diversas falhas, faltavam informações para comprovar se ele havia de fato ajudado apenas um ser das Trevas.

Capítulo 17; Página 188.


Serafine Delay mora com seus pais em Vila do Sol, e mesmo sendo muito amada, não pode negar que se sente fora dos eixos. Ela é uma garota diferente de todos ali, tanto fisicamente quanto no seu modo de pensar, estava longe de querer ser a dona de casa perfeita que sua família sonhava que ela fosse. Seu destino começa a mudar, quando ela e sua amiga Mahiry notam dois estranhos na cidade. Até então, a identidade do homem e da mulher são um mistério.

A festa de aniversário de dezoito anos da garota chega, e ela está contente por ter todos que ama juntos dela, mas aquela noite será marcada com sangue, pois um bando de lobisomens invade sua festa e acabam matando todos ali. Serafine é salva pelos dois estranhos, Ývela e Jarek, porém foi mordida, e eles precisam salvar a vida dela, já que a garota é muito importante para o povo de Warthia.

Serafine está prestes a passar por provações e inevitavelmente, prestes a saber a verdade sobre si mesma.

Denise é uma autora criativa, e por isso, esse livro não poderia deixar de ter uma sequência de acontecimentos que faz o leitor sempre ansiar por mais. A narrativa em terceira pessoa só contribuiu para a sintonia entre a história e personagens, e com uma escrita cercada por mistérios, ela sabe fazer o leitor virar a página, louco pra saber o que vai acontecer a seguir. O diferencial neste livro é que todas as respostas são dadas aos poucos dando ao leitor tempo de saborear todas elas e também cada elemento do mundo que a autora nos apresenta.

Outra marca espetacular é a construção de personagens maravilhosos. O leitor com certeza vai se identificar com algum, tamanha a riqueza deles. Temos Serafine, a protagonista que faz de tudo pra ajudar quem gosta, mesmo que isso ponha sua própria vida em risco. O Jarek lindo e perfeito que é cabeça dura, mas corajoso e adora tirar nossa protagonista do sério. Ývela, que é meiga, companheira e leal, e também tantos outros com características marcantes e que o aproxima cada vez mais do leitor.

Se você leitor está em busca de um teste do coração, esse livro é sem dúvida perfeito para este fim. É cheio de reviravoltas, acontecimentos que te tiram do sério e até aqueles que te deixam tão desesperado, que você fica sem acreditar. Então, se conseguir terminar o livro, está com seu coração saudável – eu achei que o meu não ia aguentar por conta de dois personagens.

A capa do livro é muito bonita e foi o que me deixou curioso para lê-lo. A diagramação está super bem feita, com detalhes lindos a cada início de capítulos, e também podemos encontrar um mapa no final – eu já disse que amo mapas? -. Se você gosta de fantasia, se joga, porque esse livro vai te fazer viajar por ótimos mistérios.










2 comentários

  1. Elder querido, AMEI a resenha! Obrigada por ter gostado tanto de Warthia *-*
    "– eu achei que o meu não ia aguentar por conta de dois personagens." confesso que ri um pouco. DESCULPE qualquer ansiedade ou sofrimento :O
    E que ótimo que meus personagens tenham te conquistado - especialmente o Jarek HEHEHEHE.
    Resenha fantástica ;)

    Beijos!
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir
  2. E aí, Elder koldelaynertison, "bão"? Hahaha
    Antes de mais nada gostaria de dizer: Você não é o único apaixonado por mapas! Já comprei livros só pq o mapa era bonito #Fato.
    Gostei da premissa da história e ultimamente estou mais por dentro da mitologia dos lobisomens - vide Teen Wolf - e isso é um super ponto positivos na obra. Gosto quando o autor demora para dar todas as respostas mas isso tem que ser feito de maneira muito cuidadosa, pois muitos confundem criar suspense com o famoso "encher linguiça" e isso acaba com uma obra. Vou adiciona-lo em minha lista de desejados no Skoob, quem sabem alguém não quer trocar. o/

    PS: Essa é a primeira vez que comento aqui, kold? O_O Se sim, shame on me! T__T

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.