Eu Li – Annástria e o Príncipe dos Deuses

sábado, 27 de outubro de 2012

Annástria é uma das dimensões mais evoluídas entre as sete principais, governada pela Deusa Memória e pelo Deus Zolum. Reza uma profecia que o filho primogênito dos Grandes Deuses, Rorek, estava destinado a trair sua família, unindo-se a deusa das Trevas, Satine. Annástria começa a se afogar nas Trevas, porém, de acordo com a profecia, o filho de Strauss, Rei de Annastria, é a única pessoa que pode salvar Annastria e restaurar o equilíbrio entre as dimensões. Ele era um anjo, porém Rorek corta as suas penas. As penas são espalhadas por várias dimensões. Para salvar Annástria, Darin precisa recuperar todas as suas penas antes que Satine o faça. Ele vai contar com a ajuda de Impar, uma feiticeira que de alguma forma misteriosa está especialmente ligada a ele.


O jardim repleto de rosas vermelhas era uma das coisas mais lindas que Darin havia visto na vida. Um pouco mais à frente havia uma macieira. Embaixo dessa macieira, encontrava-se uma confortável cama feita de ouro. Darin de aproximou da cama e não pôde conter um enorme sorriso. Deitada na cama, coberta apenas com uma seda vermelha estava a garota mais bela de todas.
Capítulo Quinze; Página 95.





Darin, vive na terra com Pandora. Ele é um anjo, e teve suas asas arrancadas por seu tio Rorek, que traiu sua família. Sendo assim, Annástria, a dimensão mais evoluída de todas, começou a decair e a perder toda a magia e encanto. Quem quer tomar o poder de todas as dimensões é Satine, que irá tentar atrapalhar de qualquer forma os planos da garoto.

Uma antiga profecia, diz que Darin é o único que poderá salvar Annástria, e restaurar o equilíbrio das dimensões, que há muito vem sendo corrompido por Satine. Mas para isso, Darin terá de recuperar suas penas em sete provas, e contará com Ímpar, uma feiticeira que está destinada a ajudá-lo em toda a missão.


Nada é totalmente bom ou totalmente ruim. Ao mesmo tempo em que a Natureza dá frutos fartos e nos ampara em seu seio... Ela é má, capaz de criar tornados, furacões que são destruidores. Ao mesmo tempo em que ela é Mãe e tudo nos provê, ela é Morte e tudo pode nos tirar
Capítulo Vinte e Três; Página 154.


Quando consegui parceria com a autora, eu fiquei muito, muito feliz. Conheci seu trabalho quando ela esteve no programa da Ana Maria Braga há anos atrás, quando ela disse que seu próximo livro a ser lançado seria sobre um garoto que está destinado a salvar as dimensões. Então anos se passaram, e podem imaginar minha ansiedade para ler a obra.

Fui sim com muita cede ao pote, e o que encontrei nas páginas desse livro foi um lugar cheio de magia e de seres que me deixaram surpresos em vários momentos. A escrita da autora é fluida e bem dinâmica. Ela soube bem como não deixar o tédio assombrar sua história. O livro é narrado quase todo em terceira pessoa. Com exceção de alguns momentos em que podemos ler o que se passa na cabeça de algum personagem, e devo dizer que isso me deixou com a sensação de estar mais próximo deles.

E aproveitando que o assunto é personagem, já posso dizer que é quase impossível não gostar de todos? E são todos mesmo, tem até um certo personagem do mal que me fez suspirar, e depois querer matá-lo e depois suspirar novamente. Foram todos muito bem construídos e ai meu ver, é isso que causou esta sensação em mim. Devo ressaltar também os dois personagens que tem uma ótima sincronia e que são ótimos heróis, Darin e Angelina.

Criatividade é um ponto que devo ressaltar muito. Quando li, percebi quais são as influências da autora na escrita. E ela usa isso ao seu favor. Ela sabe como fazer uma mistura de elementos mágicos e sobrenaturais, e juntando isso, encanta e conquista, fazendo com que as páginas passem tão rápido que o leitor termina e pensa: Já? Quero a continuação tipo agora!

A capa é linda, foi amor a primeira vista. A diagramação é simples e o que deixou a desejar foi a revisão. Encontrei alguns erros em palavras e algumas frases sem coesão, mas nada que chegue a atrapalhar muito a leitura.

Annástria e o Príncipe dos Deuses é um livro que conquista com a simplicidade no uso dos elementos mágicos e que tem tudo para conquistar cada vez mais fãs.



Livro: Annástria e o Príncipe dos Deuses
Autora: Selène D’Aquitaine
Editora: Ícone

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.