Resenha – Para Sempre

sexta-feira, 4 de maio de 2012
A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.


Eu estava atordoado demais para dizer qualquer coisa durante alguns segundos, enquanto meu cérebro começava a clarear as ideias. Quando consegui raciocinar novamente, não pensei sobre a possibilidade de que podia estar ferido. Não conseguia sentir nada. A única coisa em que consegui pensar foi na minha esposa.
- Krickitt! – gritei. Em resposta, apenas o silêncio. – Krickiiiiitt!

Capítulo 2; Página 33.






Quando Kim liga para a loja Jammin, para encomendar uma jaqueta, mal sabia ele que a partir daquele momento sua vida mudaria para sempre. Quem o atende é uma moça chamada Krickitt, pela qual o rapaz começa a nutrir um sentimento estranho. Aos poucos, ele liga vezes e mais vezes com a desculpa de pedir mais informações sobre a compra.  Não demora e ela lhe passa o telefone de sua casa e então conversar ao telefone várias vezes por semana se torna uma rotina.

Os dois vão se conhecendo e vendo que há muito em comum, e como na época não havia e-mail, as contas de telofone de Kim ficavam rasuavelmente altas. Com isso, eles resolvem marcar de se encontrarem, e ela vai visitá-lo no Novo México. No primeiro fim de semana juntos os dois podem conhecer mais um sobre o outro, e com o passar do tempo o namoro é inevitável. Depois de pedir a mão de Krickitt em casamento, a moça não vê a hora de se casar.

O grande dia chega, e eles vão passar a lua de mel em uma ilha no Havaí. Ela agora iria morar com ele no Novo Méximo, e é no feriado de Ação de Graças, a primeira visita que fariam os pais de Krickitt depois de casados, que um acidente acontece e muda radicalmente a vida dos dois. Mesmo depois de escapar milagrosamente da morte, ela não consegue lembrar que tem um marido, e agora Kim terá de reconquistar sua mulher que tanto ama, para que os votos do seu casamento não sejam quebrados.

É muito difícil fazer uma resenha deste livro. A historia é comovente, e eu posso dizer que nas primeiras páginas o que podemos observar é um homem que verdadeiramente ama sua mulher acima de tudo. O prólogo já nos trás muito do que vamos ver no decorrer no livro, e só ali, naquela primeira folha, é muito difícil as lágrimas não caírem.

A narrativa é bem solta e flui muito bem. Tudo é contado pelo ponto de vista de Kim. Não há muito diálogos, é realmente ele contando uma história. Mesmo assim a leitura é rápida, porque a curiosidade de saber o que vai acontecer é muito grande, e mais uma vez segurar a emoção é muito difícil. Ele relata muito do que ele passou, e sempre podemos ver como Kim é uma homem apaixonado por sua esposa e que por ela é capaz de qualquer coisa.

Acima de tudo, o livro é muito reflexivo. Enquanto estamos por ai, resmungando e nos desfazendo da vida que temos, não paramos para pensar que muitas pessoas estão em situações piores e que dariam tudo para estar em nosso lugar. Na caixa do kit tem a seguinte frase: Atenção o coteúdo deste envelope pode transformar a sua vida. E você pode ter certeza que vai. É muito bonito vermos que mesmo com todos os problemas que Kim tem, sentimentais, financeiros e físicos, ele não desiste, ele está ao lado de sua esposa, e sempre com fé, crendo que ela vai melhorar.

Acho que o que para muitos pode ser um ponto negativo, mais que para mim não foi, é que a história é corrida e com poucos diálogos. Pode até chegar a parecer um livro de auto ajuda.

O livro tem a capa do filme que é muito linda, um trabalho de diagramação e revisão incríveis e vem em um kit maravilhoso. Juntando isso à história linda, cheia de erros e acertos e com muitas, mais muitas vitórias conquistadas diariamente por Kim e Krickitt, o livro leva nota máxima. Não poderia ser de outra forma.


Livro: Para Sempre
Autores: Kim e Krickitt Carpenter
Editora: Novo Conceito

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.