Eu Li - Os Feras Futebol Clube: Zezinho, A Sétima Cavalaria

quinta-feira, 8 de março de 2012
Em plena fase de repescagem para o Campeonato da Oitava Dimensão e de seu aniversário, Zezinho enfrenta desde monstros até skatistas, encarando o medo, que muitas vezes toma conta de seu corpo e alma. É esse o mote de Zezinho, a sétima cavalaria, nono livro da Coleção Feras Futebol Clube, de Joachim Masannek, ilustrado por Jan Birck e lançado pela Editora Vida & Consciência. Por ser o mais novo integrante do time do bairro, Zezinho conta, sempre, com a proteção de seus colegas. Mas, agora, ele se depara com seu sétimo aniversário e, mais velho, deseja mostrar a seus amigos que realmente merece participar deste grupo. Após se meter em uma enrascada com a turma de skatistas mais velhos, conhecida como Bonés Flamejantes, querendo mostrar toda sua coragem, ele os ameaça e, em troca, recebe um alerta sobre a contagem regressiva do fim do seu time de futebol. Os adversários fazem de tudo para acabar com a equipe, desde destruir o local de refúgio e recreação até roubarem as camisas oficiais das partidas, mas os feras sempre superam o medo e dão a volta por cima até conseguirem transformar os temidos skatistas em fortes aliados no caminho ao novo campeonato. 

Respirei fundo. Depois comecei a fazer um discurso tão doido que meu anjo da guarda colocou os braços na cabeça e despejou uma torrente de lágrimas.
- Ei, Gonzo e James – gritei de nova. – Aquele truque de vocês com o sabão líquido já é bem velho, tem uma barba tão comprida quanto o nariz do Pintadinho. Nós já o usamos no ano passado contra o gorducho Miguelito. Vocês podem acreditar! Eu só não percebi nada porque estou no meio de uma corrida. É sim, e por isso vo lhes dar um conselho. Vou lhes das três dias de prazo. Três dias, ouviram? Depois disso quero ver meu bonequinho, o Fera, limpinho, de banho tomado e penteado, no quiosque do Valdir.
Este é o nono livro da série Feras Futebol Clube. Para quem não sabe, a série nasceu da experiência do autor Joachin, que era treinador de um time do seu Bairro. A Sétima Cavalaria é narrado polo Zezinho, o mais novo dentre os integrantes do time. Ele está fazendo aniversário, e para ele isso é muito bom, porque ele não gosta de ser o mais novo.

Depois de acordar com uma surpresa feita pela sua família, e ganhar sua bicicleta de presente, ele vai encontrar seus companheiros de time para irem para a escola. E com isso, Vanessa, a única menina entre eles propõe uma corrida. Disposto a ganhar, Zezinho tenta cortar caminho, mais entra no território de seus inimigos, os Bonés Flamejantes, um grupo de skate que domina a cidade.

Porém o garoto cai em ma armadilha e é pego. E como se já não bastasse ainda lhe roubam o boneco Fera, simbolo do time e presente feito por sua mãe. Mesmo depois de os Bonés Flamejante so deixarem ir, ele os enfrenta. Só que isso vai desencadiar muitos acontecimentos, inclusive o provável fim do time Feras Futebol Clube.

Este é o primeiro livro que resenho em parceria com a Editor Vida e Consciência. Divertido e carismático, duas palavras que descrevem muito bem o livro. Com uma narrativa leve e rápida, as páginas vooam e quando você vê já acabou. Zezinho é o que podemos chamar de garoto persistente. Seu papel neste livro, mais do que tudo, é não deixar que seus amigos desistam, e também causar algumas confusões. Mesmo quando parece que tudo está perdido, ele sempre está lá, para dar ânimo, e isso faz dele um personagem que qualquer um vai adorar. Muito pouco e mostrado sobre os outros, mais o pouco mostrado nos faz ter simpatia por eles, como por exemplo Vanessa, a única mulher do time e que é tão decidida quanto os outros.

O livro tem algumas linguagens sobre o mundo do skate, e bem no finzinho do livro, tem uma parte que explica tudinho, não deixando o leitor ficar confuso sobre nada. Algo que não posso deixar de citar, são os chingamentos usados por eles, que nos fazem cair na gargalhada, como exemplo temos: “Titica de galinha”, ou “titica de porquinho do mar brasileiro sulino”. Outro ponto interessante é que não fiquei perdido por não ter lido nenhum dos outros livros, é claro que durante a narrativa alguns acontecimentos anteriores são citados, mais nada que impessa a leitura.

A capa é simples, eu gostei, o livro não tem orelha e a diagramação é ótima. A letras são grandes e tem várias e várias ilustrações, e cada capítulo começa com a imagem de Zezinho, a mesma da capa. Não encontrei nenhum erro de revisão, o que me deixou bem feliz.


Livro: Feras do Futebol Clube – Zezinho, A Sétima Cavalaria
Autor: Joachin Masannek e Jan Birck
Editora: Vida e Consciência

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.