Release - Editora Vida e Consciência

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Jurema das Matas



Cada parte do livro é dedicada a uma encarnação. Começa com a história do truculento Alejandro, um espanhol que parte para explorar a América, deixando para trás sua mulher Rosa. Tomado pela fúria ao descobrir que, enquanto esteve fora, ela e seu melhor amigo Lúcio planejam sua morte, Alejandro começa a se portar de maneira ainda mais rude, ultrapassando os limites da maldade não só com o casal de amantes mas também com todos os que lhe cruzam o caminho. Após sua morte, ele reencarna como a jovem cabocla Aracéli. A índia acaba se tornando objeto de desejo de seu patrão que a maltrata como Alejandro fazia com as índias da América Central. Após a trajetória como a doce Aracéli, o espírito de Alejandro retorna como Chica, uma escrava merendeira, que reencarna na senzala junto a espíritos de índios astecas que outrora havia torturado. Chica, uma parte mais evoluída de Alejandro, já consegue lidar com o perdão. Sua quarta encarnação é como Eleonora, que já não precisa mais passar pelo processo da dor, mas ainda tem que orientar aqueles que foram deixados ao desabrigo da fé. Até que finalmente, esse espírito está apto para integrar a falange da entidade Jurema, que ensina a suportar as dificuldades e dá coragem para enfrentá-las.


As quatro histórias se entrelaçam ao longo de todo o romance, tendo por pano de fundo a própria história das Américas e do Brasil, com úteis notas de rodapé que registram o surgimento da Umbanda. Ao mesmo tempo em que entretém o leitor, Jurema das Matas ensina que nunca é tarde para mudar e melhorar as próprias atitudes e abrir espaço para uma reflexão interior, que tem como princípio: “é preciso viver para conhecer, experienciar para discernir, sentir para se libertar”.

Autor: Mônica de Castro
ISBN: 978-85-7722-183-7
Formato: 16x23
Número de Páginas: 368
Preço: R$ 42,00

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.