Entrevista com Liana Cupini - " Estigmas da Luz "

quinta-feira, 18 de agosto de 2011
Liana Cupini, natural de São Paulo – SP, formada em Comunicação Social (Publicidade), estudou Comércio Exterior e tem MBA em Recursos Humanos.

Seu livro, Estigmas da Luz, o primeiro livro da trilogia Luz e Escuridão foi lançado de maneira independente no final de 2010. O livro teve 99% de criticas positivas, e grande identificação por parte dos leitores com a linguagem objetiva e ágil da autora.
Lançado em Abril, o chick-lit Antes Tarde que Mais Tarde foi disponibilizado em eBook gratuito para divulgação da autora, e a aceitação está sendo excelente, já passando da marca de 3 mil leitores e agora com a versão impressa, que esta sendo vendida por apenas R$14,90.

Liana Cupini ainda é fundadora do grupo Selo Brasileiro, projeto criado por um grupo de autores nacionais para divulgar literatura e cultura no país. O grupo tem como objetivo viajar por todo o Brasil e realizar eventos e palestras, incentivando a leitura e estreitando o laço com leitores e apaixonados por um bom livro. São realizadas várias palestras e eventos todo mês, o que gera uma aproximação com o publico leitor.


Liana começou a escrever ainda na infância, " escrevia para sair do mundo e poder viver num mundo perfeito que era só meu" afirma. Sempre gostou de ler e escrever. Contou que suas ideias surgem, quando ouve uma história ou fica com alguma coisa na cabeça. Fica pensando e criando todo um enredo, para quando começar a escrever ver a história fluindo.

Como surgiu a ideia de escrever a Saga? 
Na verdade eu pretendia escrever um só livro. Mas seria um livro muito longo, com mais de 600 páginas porque eu tenho que explicar todo o universo que criei. Então, veio a ideia de fazer uma trilogia com começo, meio e fim!

Por que Saga Luz & Escuridão?
Por que é uma saga que trata do bem e do mal que esta em cada um de nós. Às vezes nós tomamos decisões por nossos valores, e isso pode ser errado para as outras pessoas. O certo e o errado vão sempre depender do ponto de vista.

O que os leitores podem esperar da Saga?
Surpresas. Eu gosto sempre de ser surpreendida. Então eu vou sempre buscar sair do logico, do esperado, e brincar com o leitor, com o conceito de certo e errado.

Fale um pouco sobre o Estigmas da Luz.
O Estigmas da Luz conta quem são os nefilins e como eles viveram durante tanto tempo. Muitos não gostam desta situação e o dom dos gêmeos pode ajudá-los a mudar isso.

Como foi a experiência e dificuldades de lançar um livro independente?
É uma coisa muito difícil. Por isso mesmo eu procurei trocar experiências com outros autores e assim surgiu o grupo Selo Brasileiro. Hoje temos distribuidora, parcerias, livros em grandes livrarias, mas tudo isso só foi possível por sermos um grupo. Acredito que para o autor que se lança e não tem uma estrutura, tudo deve ser mais complicado ainda.

Quais são suas influências para escrever?

Tudo me influencia: livros, filmes, séries... mas eu gosto da objetividade. Sou do tipo que escreve sem rodeios, sem florear demais o texto. Gosto que a imaginação do leitor trabalhe rs...

Como foi a experiência de escrever um livro?

É muito boa, mas nada se compara a reação das pessoas quando terminam de ler. Meus amigos me ligam para elogiar, para questionar, para conversar, para tentar descobrir o que vai acontecer... e isso é o mais legal. É você ter a certeza de que as pessoas gostaram, que se entregaram e se envolveram com a história.

Você já decidiu procurar uma editora? Por quê?

Eu acredito que tudo acontece no tempo certo. Antes de me lançar como independente, eu procurei várias editoras e não tive resposta alguma. Agora, as editoras estão me procurando, rs...

Deixe um recado para os jovens escritores? 

Seja determinado. Em qualquer profissão você precisa de tempo para aprender, aperfeiçoar e se destacar.

Considerações Finais.
Obrigada pela entrevista. E quem quiser conhecer meu trabalho pode ir ao meu Blog. Lá tem as primeiras páginas do Estigmas e também do meu outro livro, o chick lit, ATMT, que é um eBook gratuito!!

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.