Eu Li - Paixão e Liberdade

quinta-feira, 14 de julho de 2011
Sinopse: Duas amigas de faculdade se encontram depois de 20 anos, Camila e Isabel são as protagonistas dessa surpreendente e comovente estória, onde o passado vem à tona e sobrepuja o presente. Duas pessoas completamente distintas, compartilham seus medos e angústias vividos durante esses anos que se passaram. Amores, vida profissional, segredos, momentos felizes e outros nem tanto. Pode um reencontro com o passado promover mudanças no presente?  


[...] A solidao, a incerteza e o medo foram sentimentos deixados no passado, mais que me levaram a encontrar uma maior compreensão do que eu tivera até então no meu destino. O que posso dizer é que me pareceu que surgia um mundo novo, embora eu olhasse para a mesma paisagem, os mesmos cotornos do horizonte, as mesmas árvores no jardim. [...]
Capítulo 17, página 177


    O livro conta a história de duas mulheres que eram amigas no tempo de faculdade, mais depois de formadas foram se distanciando até não terem mais contato. De um lado Isabel, mulher interessada pela arte e filosofia, ligada ao amor e ao berço familiar. De outro, Camila, batalhadora, persistente e com princípios fortes, mais que com o tempo é corrompida pelo mundo dos negócios.

    Assim que recebi o livro fiquei olhando para sua capa, sou fascinado, amo capas, é a primeira coisa que olho e perco muito tempo admirando. Infelizmente a capa não me chamou atenção, é simples, não é bonita, mais me deixou muito intrigado sobre os acontecimentos que ocorreriam na história. Até agora eu nunca havia lido um romance que me fez criar um laço com um personagem tão rápido, o livro me surpreendeu e logo nas primeiras páginas percebi que não iria ser uma história água com açúcar.

    Esse romance demonstra de forma clara diversos tipos de sentimentos como amizade, admiração e inveja, e o melhor, tudo ao mesmo tempo, e o leitor consegue sentir isso. A cada página, percebemos como as pessoas mudam com o tempo. O livro tem passagens rápidas de tempo, o que a autora fez muito bem, pois não deixou o livro se arrastar em passagens que poderia deixar a história monótona. O livro te prende, não por algo extraordinário mais por ser simples e envolvente, fazendo com que você queira continuar lendo para saber o desfecho de cada passagem.

    O que mais me preocupou, foi quando percebi o modo como à história seria narrada, com conversas entre as duas amigas no presente e fleches do passado das duas. Porém a autora soube fazer com que o seu leitor não se perdesse – esse era meu medo – e alternava entre a história de Isabel e a de Camila, o que mais uma vez contribuiu para a trama não ficar monótona.

    Este romance não é um livro para você colocar na bolsa e ler no ônibus, no metrô ou quando estiver em algum intervalo de alguma atividade. É um livro para se ler no conforto de sua casa, onde você o lerá e refletirá sobre cada passagem, porque ele com certeza fará seu leitor refletir.

     Fiquei em dúvida sobre a nota, seria um Excede Expectativas por causa da capa, mais a história me surpreendeu e acredite, me fez chorar em duas partes, então a nota final não poderia ser outra.





4 comentários

  1. Oi!

    Esse foi um dos primeiros livros que li no ano e também gostei bastante. :) Realmente ele nos faz refletir em vários momentos! Muito bem escrito mesmo, a Flávia está de parabéns. Só achei que ele é um pouco curto... a estória poderia ter se prolongado por mais algumas páginas.

    Beijinhos.
    Amanda
    Lendo&Comentando.

    ResponderExcluir
  2. Oi pessoa :DD
    Adorei a sua resenha, assim como adoro esse livro.
    Ele é tocante e envolvente a ponto de vc se ver na vida das duas protagonistas e ficar angustiado por todos os fatores que as duas passaram ao decorrer da estória. Gostei do fato de vc ter citado sobre as passagens, a Simonelli soube dosar isso de uma forma esplendida onde vc n se perdia em hora nenhuma. Se o livro tivesse uma adaptação, com certeza seria um drama e tanto! Abraço ~

    ResponderExcluir
  3. Também já li o livro e gostei. Acho que esses desencontros acontece com todo mundo e, realmente, nos faz refletir... Gostei da forma como foi narrada e das passagens de tempo, muito bem feitas por sinal, também não me perdi (: Porém, não considero um livro que me marcou muito, é legal pra ler, mas não recomendo tanto.

    Beijos
    Estou seguindo ~

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh que resenha mais linda! Eu amei Koldney muito legal mesmo...
    Só escuto coisas boas desse livro então acho que um dia eu ainda pego esse livro para ler!
    Sua primeira resenha ficou maravilhosa!!! E vou lê-lo no conforto da minha casa conforme a dica!

    Beijos
    Jessie
    lendoecomentando.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.